PESQUISAR ESTE BLOG

14 de dezembro de 2009

CHEGA! BASTA!

Quando eu tive a idéia de iniciar este espaço, esperava ter muita repressão no início, principalmente quanto a minha identidade, que seria inicialmente revelada. Mas não levei isso adiante por motivos óbvios e, ainda sou anônimo.

Neste caso, faço a utilização deste pseudônimo que, obviamente por ser um nome falso, posso ser qualquer pessoa. Um soldado, um cabo, um tenente, ou até mesmo um civil. Mas sou militar. Isso posso adiantar. E quem é sabe!

Passado esta breve a apresentação e voltando ao assunto, hoje vejo a possibilidade de que esta capa um dia caia. Não agora. Mas já é possível perceber esta possibilidade. Muita coisa aconteceu, acertadamente falando, pela nossa presença aqui no mundo virtual. Me refiro a nós, a BLOGOSFERA POLICIAL.

Quando entrei na corporação, sempre ouvi falar que a PMERJ nunca havia mudado e que jamais mudaria. Coisas como: "Estou aqui há 28 anos e é agora que não vai mudar!" Outra: "Estude e saia". Ou ainda: "Faz prova para a APM (Academia da Polícia Militar), onde formam os oficiais.

E entender isso, com 4 dias de curso era difícil. Porém sempre fui observador e sempre procurei entender as coisas com visão neutra, com olhar crítico e visão construtiva. Observar os problemas é muito fácil mas procurar um jeito de consertar os problemas observados é outra história.

Passado o tempo, veio esta idéia. Já havia alguns blogs na rede e quando surgiu o Praças da PMERJ, resolvi abrir as portas. Aqui, quantidade é melhor do que qualidade, no tocante a edição e formatação que nos é disponibilizado pela ferramenta "blog". Contudo, quanto mais blogs na rede, melhor. E a criação é muito fácil, o que permitiu que várias pessoas inaugurassem o seu espaço virtual, mesmo com conhecimento ínfimo de informática. Na verdade, é preciso mais vontade de que conhecimento. E nesta altura do campeonato, a vontade é o que vale.

O coro que ecoa hoje é alto. Alto pelas palavras em quantidade ditas. Palavras repetidas e incansavelmente faladas, tremendo o alto escalão de nossa corporação com força e bravura.


Conhecedores de nossos direitos, rompemos barreiras e fomos adiante, expondo os problemas horrendos de uma Instituição falida e ultrapassada, e de um Estado corrupto e passivo.

Percebemos nossa frágil posição, de bode expiatório para os erros frequentes de nosso Chefe de Estado; fomos escurraçados e xingados por ele. Talvez por ele não precisar (hoje) de nossa força.

Mas, respondemos à altura: Incompetente!

Vibramos com as mudanças, impulsionadas por nós, a BLOGOSFERA POLICIAL, inclusive pelo nosso atual CMT Geral, um LÍDER nato. Se não fosse Coronel, prestaria minha honrada continência do mesmo jeito.


Um exemlpo de Chefe a ser seguido por muitos. E com força e humildade mostra como é comandar uma tropa pelo simples gesto, sem gritar e esbravejar.

Mas ainda somos militares. Contudo, isso JAMAIS IMPEDIRÁ QUE NOS CURVEMOS DIANTE DESTE REGULAMENTO DITATÓRICO, MAQUIAVÉLICO, E IMORAL.



SOMOS LIVRES! E EXIGIMOS RESPEITO!



SE VOCÊ, MAJOR, TENENTE OU CAPITÃO, NÃO SABE COMANDAR SEM SUAS ESTRELAS, CURVE-SE DIANTE DE SUA IMCOMPETÊNCIA!

CHEGA!

Precisamos de líderes que através de seu conhecimento, e não através de suas estrelas, saibam chefiar. Temos que acabar com essa história de militarismo. Basta!




Precisamos de escala de revezamanto de eventos.
Chega de TODO Final de Ano em copacabana de serviço;
Chega de TODO Carnaval de serviço;
Chega de TODO Feriadão de serviço;


É TODO FERIADO E FESTA COMEMORATIVA DE SERVIÇO! ASSIM NÃO TEM COMO!


POLICIAL TAMBÉM TEM VIDA! VIVER NÃO É SÓ TRABALHAR! NINGUÉM VIVE PARA SEMPRE!

CHEGA!


Porque não há um rodízio de eventos de acordo coma antiguidade? Chega poxa...

Como podem ver caros amigos, muita coisa precisa mudar. Salário, modelo de polícia, organização...

Temos uma polícia que não faz trabalho de polícia. Temos uma tropa que combate o inimigo. Chega! Precisamos de um país com segurança de verdade. Precisamos de um país com policiais bem pagos, bem treinados e principalmente, felizes.

Precisamos também colocar para fora todo o joio, de soldado a coronel. Ou senão os que estão dentro tenderão a contaminar os quem vem de fora.

Chega de sargento servindo cafezinho para coronel. Coloca um civil e coloca o policial na rua, poxa!!
Chega de soldado servindo água para capitão. Coloca um civil e coloca o soldado na rua! Chega!


Levantem da cadeira, seus inúteis!

BASTA!


Espero que que o novo concurso para a PMERJ vingue como está para acontecer, com novo modelo de prova e com disciplinas condizentes com a realidade da profissão policial.


CHEGA DE ORDEM UNIDA!!!


Ordem unida não é para policial e sim para o exército!!!

  
Esperaremos ansiosos para podermos começar a viver, com a Bolsa Olímpica (que o nosso Min. da Justiça Sr. Tarso Genro anunciou ontem, já para janeiro julho de 2010). 

ESTAMOS PRECISANDO AGORA! 
ESTAMOS MORRENDO SEM PODER, ANTES DISSO, VIVER!


MORRER POR UM ESTADO, POR UMA PÁTRIA, QUE NÃO É AMADA NEM AQUI NEM LÁ NA CHINA, NÃO DÁ MAIS!!

BASTA!



A POPULAÇÃO, OS GOVERNANTES, A SOCIEDADE "Sociality" NÃO MERECEM!
ALIÁS, NÃO PRECISAM, POIS PODEM PAGAR A SUA PROPRIA SEGURANÇA PARTICULAR!



E um lembrete para os senhores que pagam a minha segurança: vão esquecendo esse papo de 12 horas por R$60,00. Vou querer R$300,00 por 1 hora de serviço!! Pensando melhor, com R$3.200,00 REAIS por mês, segurança em dia folga NUNCA MAIS!!!

E NÃO SE ESQUEÇAM:


PEC 430/09 - A PEC DA REVOLUÇÃO


FORA DITADURA
VIVA DEMOCRACIA!






Nenhum comentário:

Postar um comentário

"Quando o Estado abandona seus servidores, deixando-os à mercê do outro lado, é porque, muito provavelmente, o Estado está do outro lado"

Giovanni Falcone, Juiz italiano especializado em processos contra a máfia siciliana Cosa Nostra.

"Uma sociedade é livre na medida em que propicia o choque de opiniões e confronto de idéias. Desses choques e confrontos nasce a Justiça e a Verdade, garantido o progresso e auto-reforma dessa sociedade".

Stuart Mill

“A injustiça que se faz a um é uma ameaça que se faz a todos”.

Barão de Montesquieu

"Aqueles que planejam o mal acabarão mal, porém os que trabalham para o bem dos outros encontrarão a felicidade"

Provérbios 12.20