17 de fevereiro de 2012

PARA QUÊ GREVE SE UM CAPITÃO DA PMERJ PODE LUCRAR 15 MIL POR SEMANA COM A CORRUPÇÃO?

Comandante de UPP e traficante conversavam diariamente

Tráfico do São Carlos desembolsava R$ 15 mil semanais: capitão e soldado estão presos

POR Gabriela Moreira
Rio -  Investigação da Polícia Federal revelou que, assim que foi instalada a Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) no Complexo de São Carlos, no início de 2011, o tráfico de drogas conseguiu dois importantes aliados para continuar a venda de drogas na favela. O principal deles foi o então comandante da unidade, capitão Adjaldo Luiz Piedade Júnior. O outro, o soldado Alexandre Duarte de Oliveira, que também foi lotado na UPP. Eles foram presos nesta quinta-feira.

Leia a reportagem completa em O Dia Online clicando aqui


Capitão Adjaldo Luiz Piedade Júnior é acusado de pedir orientação a traficante sobre sua transferência | Foto: Carlo Wrede / Agência O Dia
 
 ...
E não adianta falar: ainda há praça da PMERJ envolvido com pilantragem de oficial... Incrível.... Querem saber o que vai acontecer agora? O praça vai ser excluído sumariamente e vai virar um miliciano. 
Ah, o oficial? Vai CONTINUAR NA PMERJ!!! 
Está aberta a vaga para o próximo praça, trouxa e burro que  entrará no cordão dos oficiais corruptos... Tsc, tsc, tsc...
 
 
 

14 de fevereiro de 2012

AGÊNCIA CÂMARA: Deputados querem que bombeiros e PMs do Rio saiam de Bangu 1

Após uma reunião entre deputados e mulheres dos bombeiros presos no Rio de Janeiro por envolvimento na greve decretada pela categoria na semana passada, o governo do estado se comprometeu a ouvir os familiares e resolver a situação dos militares presos.

Foto de  Beto Oliveira
Cristiane Daciolo (esposa do cabo do Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro, Daciolo)
Cristiane Daciolo: os militares presos estão sendo tratados como ratos.
O deputado Dr. Carlos Alberto (PMN-RJ), que foi subsecretário de Governo do Rio até 2010, conversou com o atual secretário de Governo, Wilson Carlos Carvalho, que se comprometeu com a resolução do caso. “O governador Sergio Cabral está sensível à questão, e tenho certeza de que saberá ouvir as famílias”, disse o secretário.


Depois de uma semana no presídio de segurança máxima Bangu 1, hoje foi o primeiro dia em que os militares puderam ver seus familiares. Sete mulheres de bombeiros e PMs vieram ao Congresso lutar pelos direitos dos militares, abrindo mão do encontro com seus maridos.

“Em momento algum houve depredação, o movimento é pacífico e ordeiro, mas eles tiveram suas cabeças raspadas, não puderam receber visitas e estão sendo tratados como ratos”, disse Cristiane Daciolo, esposa do cabo Benevenuto Daciolo, um dos líderes do movimento. O militar foi preso mesmo antes de a greve ser deflagrada, por supostamente incitar colegas de outros estados.

Prisões ilegais
A prisão dos militares foi considerada ilegal por diversos parlamentares. O deputado Delegado Protógenes (PCdoB-SP) prometeu apresentar ainda hoje ao Supremo Tribunal Federal (STF) um pedido de habeas corpus para libertar os militares detidos no presídio de Bangu 1.

Foto de Beto Oliveira
Dep. Mendonça Prado (presidente da Comissão)
Prado: os militares deveriam estar em uma instalação militar, e não em um presídio de segurança máxima.
Segundo Protógenes, ele está em contato com o defensor público responsável pelo caso e, se o Judiciário fluminense não concordar com a liberação, a questão deverá ser levada ao STF. Ainda de acordo com Protógenes, até este momento não foi apresentada nenhuma justificativa jurídica para as prisões.

O presidente da Comissão de Segurança Pública, deputado Mendonça Prado (DEM-SE), disse esperar que o governo do Rio de Janeiro possa ouvir os apelos dos deputados. Se isso não  ocorrer, segundo ele, uma comissão da Câmara terá que ser enviada ao estado para avaliar as condições em que os manifestantes são mantidos.

“Eles deveriam estar em uma prisão provisória. Se foi uma decisão administrativa, eles deveriam estar em uma instalação militar, que é o local adequado para isso, e não em um presídio de segurança máxima”, afirmou Prado.

O deputado Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP) ressaltou que os militares que reivindicam melhores salários não podem ser colocados como responsáveis pela situação. “É a não votação da PEC 300 que tem começado esses movimentos”, disse, referindo-se à proposta que prevê um piso salarial nacional para as categorias.

Pelo menos nove bombeiros e 17 policiais militares estão detidos em Bangu. Eles reivindicam a implementação de um "piso salarial digno" para as duas categorias.

Escuta
Arnaldo Faria de Sá criticou a escuta que foi feita da sua conversa telefônica com Benevenuto Daciolo sobre as possibilidades de votação, antes do Carnaval, da PEC 300. Segundo lembrou o parlamentar, só o Supremo Tribunal Federal (STF) pode autorizar a escuta telefônica de um deputado federal, o que não teria acontecido. O presidente da Comissão de Segurança Pública vai solicitar providências sobre o caso à Mesa Diretora  da Câmara e ao STF. O presidente da Câmara, Marco Maia, pediu que a Procuradoria da Câmara analise o caso.
(*) Matéria atualizada às 20h29.

Reportagem – Marcello Larcher e José carlos Oliveira
Edição – Marcelo Westphalem





Fonte: Agência Câmara de Notícias
(Acesse esta reportagem clicando aqui)

12 de fevereiro de 2012

TIVE UM ORGASMO! VITÓRIA!! FORA REDE GLOBO!





Emissora covarde e descompromissada com a verdade é colocada para fora do nosso movimento, que luta por dignidade e respeito aos direitos humanos dos servidores de segurança pública!!

O POVO NÃO É (MAIS) BOBO!!!

FORA REDE GLOBO!!!!



REDE GLOBO, QUEIME NO INFERNO!!!

11 de fevereiro de 2012

POLÍCIA CIVIL SUSPENDE SUA PARTICIPAÇÃO NO MOVIMENTO; PMERJ E CBMERJ EM "GREVE BRANCA"

Com a saída da Polícia Civil da greve da Segurança Pública do Rio de Janeiro, o movimento perde sua principal característica: a da tríplice aliança. 

Segundo o diretor do sindicato dos policiais civis, Francisco Chao, a decisão foi tomada pelo fato de que está faltando adesão por parte de alguns. Bem, isso pode ser verdade, mas está vigorando uma "greve branca" na PMERJ e na CBMERJ e isso está sendo ofuscado pela mídia global e pelos principais veículos de comunicação que foram comprados pelo ditador e sub-líder da quadrilha do PT, o (des)governador sérginho "pinóquio" cabral.

Portanto, ainda está valendo. Somente as ocorrências mais graves estão sendo atendidas e não é verdade o que está sendo repassado aos telespectadores na mídia global. Como sempre, obviamente. Minha unidade está operando no mínimo a 40% e alguns não estão vindo trabalhar. Somente a partir de quarta-feira, em assembléia, será decidido o rumo do movimento.

Acredita-se que o movimento foi mal iniciado e perdeu o foco, muito provavelmente por interesse político de alguns sanguessugas. 

Por parte da PMERJ, o 28º BPM (Volta Redonda) por exemplo colocou nas ruas recrutas que estavam em curso no CFAP e pasmem, armados! Recrutas com 5 meses de curso somente; ou seja, sem porte de arma! Mais um crime cometido pelo CMT Geral que ficará impune. Mais de 200 alunos dormiram em condições precárias, no chão, sem janta e ceia. Um atentado aos Direitos Humanos. Futuros Policiais Militares já sendo tratados como sub-humanos. Dá nojo só de escrever.

Sinto ânsia de vômito ao fazer parte desta Corporação. Não pela Instituição que é, mas pelo fato de ter sido vendida pelos seus comandantes e ser também massa de manobra política para vagabundos mercenários e desgraçados que queimarão no inferno.

O parágrafo acima representa a segurança que a população fluminense merece. 

Bom Domingo à todos.





10 de fevereiro de 2012

O GOVERNADOR PROCUROU. E ACHOU...

EM GREVE!

EM GREVE!

EM GREVE! 

PMERJ - CBMERJ - PCERJ 


VAI ATIRAR NA GENTE, GOVERNADOR?

Mais detalhes nas próximas horas. 

8 de fevereiro de 2012

CMT GERAL COSTA FILHO ENLOUQUECE E DETERMINA AOS PPMM QUE CUMPRAM A ESCALA E EXPEDIENTE DE SEXTA-FEIRA COMEÇANDO O TURNO À 00:00

URGENTE --  URGENTE  --  URGENTE  --  URGENTE  --  URGENTE  --  URGENTE --  

Atenção PPMM do Estado do Rio de Janeiro: o CMT Geral da briosa arriou as calças de vez para este Governador vagabundo, vulgo "serginho cabral". 

Após reunião secreta realizada no QG dos Senhores Feudais desta “Ditadura branca” em que vivemos, ficou determinado que os policiais militares que cumprem expediente na sexta-feira e até mesmo os que estão escalados na sexta, que iniciem o turno à meia-noite (zero hora), impedindo então que não rendam os colegas que estejam saindo de serviço no horário regular (06:00-07:00-08:00) ou mesmo não venha  a assumir o serviço, deixando assim o posto abandonado (para os que já eventualmente tenham cumprido a jornada de serviço), o que caracterizaria Crime Militar, previsto no CPM.

Senhor CMT Geral: aquelas palavrinhas na 5ª parte -  Comunicação Social - não enganam ninguém. Alias, estou ficando muito decepcionado com o Senhor. Está vendendo a nossa Instituição de 200 anos para um vagabundo que daqui à três anos estará nas ruas, pedindo esmola para sobreviver. Pense, Sr. CMT Geral.  Está na hora de o Senhor mostrar que não és um escravo deste sistema de segurança falido e corrupto. Somos mais de 70 mil homens. Pense.

Senhores Policiais Militares, serei curto e grosso: vamos antecipar o ato e iniciar IMEDIATAMENTE.

Atenção representantes de classe e líderes do movimento: executem o plano grevista que está previsto já nas próximas horas, e o mais rápido possível.






QAP-T-3033

4 de fevereiro de 2012

GREVE DA PM NA BAHIA: PRESIDENTE DILMA ROUSSEFF MANDA ATACAR OS POLICIAIS GREVISTAS

LIBERTAS QUÆ SERA TAMEN!


Nobres colegas de farda do Estado do Rio de Janeiro: a greve na Bahia está à um passo de um massacre absoluto. A Presidente Dilma Rousseff, segundo fontes internas, mandou que o Governador do Estado da Bahia estancasse a greve de "qualquer jeito". Isso significa dizer que o sinal verde para o enfrentamento foi dado.

Uma vergonha!

ESTAMOS VIVENDO EM UMA FALSA DEMOCRACIA!!! ESTAMOS DE VOLTA A DITADURA!!


Eu só digo uma coisa: querem guerra, VÃO TER GUERRA!!!

CHEGA DESTA PALHAÇADA!! VAMOS TODOS PARA O COMBATE! VAMOS VER QUEM É QUEM NESTA P%@#$%#!

A GREVE NO RIO DE JANEIRO ESTÁ DEFLAGRADA!!! 

OS OFICIAIS DA PMERJ VENDERAM A INSTITUIÇÃO E ESTÃO AGINDO COMO PROSTITUTAS DE BAIXO NÍVEL!!

DIA 10 DE FEVEREIRO O RIO DE JANEIRO VAI PARAR!!
PREPAREM-SE CIDADÃOS FLUMINENSES! NÃO SAIAM DE CASA!


LIBERTAS QUÆ SERA TAMEN!


A frase " LIBERTAS QUÆ SERA TAMEN", (Liberdade, ainda que tardia) retirada da bandeira do Estado de Minas Gerais, serve para incentivar os colegas de farda do Estado homônimo a lutarem conosco, formando um arco de liberdade e justiça no sudeste brasileiro. Venham vocês também rumo à liberdade!









"Quando o Estado abandona seus servidores, deixando-os à mercê do outro lado, é porque, muito provavelmente, o Estado está do outro lado"

Giovanni Falcone, Juiz italiano especializado em processos contra a máfia siciliana Cosa Nostra.

"Uma sociedade é livre na medida em que propicia o choque de opiniões e confronto de idéias. Desses choques e confrontos nasce a Justiça e a Verdade, garantido o progresso e auto-reforma dessa sociedade".

Stuart Mill

“A injustiça que se faz a um é uma ameaça que se faz a todos”.

Barão de Montesquieu

"Aqueles que planejam o mal acabarão mal, porém os que trabalham para o bem dos outros encontrarão a felicidade"

Provérbios 12.20