PESQUISAR ESTE BLOG

11 de fevereiro de 2010

PREPARADO PARA O CARNAVAL CARO POLICIAL DA PMERJ?

Serão horas a fio de serviço. Horas e mais horas de POG a Pé. 12, 14, 16 horas seguidas, sem jantar ou almoço. Somente uma coisa que costumam chamar de alimentação nos será servida: a famigerada ração-fria (um lanchinho muito safado, sem nada que dê realmente sustância; lanche de criança).

Enquanto a população fluminense dá no pé, A PMERJ estará de serviço, cuidando da "segurança" dos turistas que estão na cidade. Só queria saber como... Segurança...  Espero que não me dêem dor de cabeça, pois senão irão para a delegacia do jeito que o diabo gosta.

Estás então, preparado? Para ser escurraçado pelos batalhões em que farão o "apoio"? Eu estou. Podem mandar todos os serviços que imaginarem. Só não deixem eu pegar filho de oficial superior vendendo pó....  Senão vai ser muito tapa na cara, podem ter ceteza. E se eu estiver indo embora e eu ver na rua, vou atropelar. E dar marcha-a-ré.

Este maldito "apoio", como todos nós sabemos, é vendido, já que estaremos tirando serviço no lugar do efetivo do próprio batalhão que será "apoiado". Enquanto isso, esses batalhões estarão embolsando enormes quantias em dinheiro, como 13º BPM, 5º BPM, 1º BPM entre outros batalhões do Centro da Cidade do Rio de Janeiro.

Ano passado foram nada menos do que 5 serviços desgastantes, sem qualquer tipo de remanejamento por parte da Instituição. Lazer e Carnaval? Policial não tem isso não meu amigo. Tirou Carnaval este ano? Será assim em 2011, em 2012, 2013, 2014....até seus 30 anos de efetivo serviço completarem-se.

Quer isso para a sua vida? Em troca de bolsas-esmolas e gratificações?

Quer isso para a sua vida? Em troca de arbitrariedades e serviços vendidos?

Em 2009 quem apoiou o 13ºBPM sabe. O policiamento estava todo vendido. Escalantes e Sargenteantes encheram os bolsos com grana suja do efetivo do próprio batalhão, equanto as unidades "apoiadoras" se esguelaram em um serviço de 12, 14 horas ininterruptas em pé.

Na época, não me lembro DO MALDITO Comandante da unidade, que ainda nos anunciou mais serviços, fora da escala, de surpresa.
Maldito seja, este Coronel safado, pilantra, mercenário. Espero que este dinheiro sujo sirva para alimentar a sua família, seu miserável.

Carnaval é isso. Tristeza. Serviço desumano. Arbitrariedade. Sofrimento. Horas com fome. Em pé. Na chuva e no calor. Todos sem exceção estarão escalados. A não ser claro, que desembolse uns 300 reais por serviço (como foi no ano passado no 13º BPM) para não ser escalado. Mas lembre-se, caro amigo-policial que pagará para não ser escalado: alguém irá no seu lugar.

Estudem senhores: a vida está passando. Ou irão dedicar 30 anos de sua vida por um Estado medíocre e mercenário.

E pior: sujeitando-se por seres sem alma, que não merecem nada. Somente a morte.

3 de fevereiro de 2010

OFICIAIS DA PMERJ QUERENDO SER SOLDADO?

Acho muito difícil. Se esse tal grupo de Tenentes quiserem mesmo melhoria salarial, deveriam se unir à nossa causa, a dos praças.

Jamais um oficial pedirá demissão, para deixar o clero, e se unir à plebe. Duvido muito. Muito provavelmente o que deve ter contecido foi somente um ato para tentar derrubar o decreto, já que o Soldado ganhrá mais que um Tenente.

Eu, pelo menos, não estou nem aí para a PMERJ e muito menos para um grupo de Tenentes. Quero mais é que eles se explodam. De tenente à coronel. Nunca me deram nada; somente apurrinhação. Me sacaneiam e tentam me desmoralizar. Não são profissionais dignos de vestir a farda do Estado, e ficam usando alguns praças sem cérebro para satisfazerem seus roubos e furtos. Graças aos militarismo, que escraviza as classes internas menos favorecidas, esse mal ainda perpetua. Tenho pena da população fluminense.

Obviamente que não me refiro à todos os oficiais. Alguns devem o meu respeito. Entretanto a contagem não passa dos números de dedos da minha mão. E eu conto até 10. É só por isso que eu lamento.

Agora, o que está me causando um mal-estar muito grande, é o fato de que com esse piso, passarei a ser obrigado a ter descontado em meu contra-cheque, o bendito imposto de renda. E não será um valor baixo. Se levarmos em conta que estaremos inseridos na alíquota mais alta (27,5%), poderemos pagar até uns 400 reais de IR por mês. Uma vergonha. No final das contas, essa bolsa olímpica tirará mais do que fornecerá. É o Governo, que dá com uma mão e tira com a outra. Um roubo. É exatamente como eu já tinha falado no início: essa bolsa é politiqueira.

Senhores: PEC 300-A/2008. Não vou falar mais nada. Ou aprovam ou cruzaremos os braços.

Caros grupos de Tenentes, se é que vocês existem mesmo: querem mudar? Usem este poder que vocês têm para nos maltratar e usem a favor de sua própria Instituição, a qual vocês tanto amam, se é que amam mesmo, bando de mentirosos aproveitadores....

BOMBEIROS E PM'S PODERÃO IR PARA A RESERVA COM 10 ANOS DE SERVIÇO


A Câmara analisa o Projeto de Lei 6442/09, do deputado Capitão Assumção (PSB-ES), que regulamenta o direito de policiais e bombeiros militares requererem a reserva remunerada proporcional ao tempo de serviço. Segundo o projeto, terá direito à transferência para a reserva o militar que contar mais de dez anos de serviço efetivo.

Para tanto, o interessado deverá encaminhar o pedido ao órgão competente com pelo menos dois meses de antecedência. Esse pedido, no entanto, poderá ser negado se o País estiver em guerra ou sob estado de sítio.

Nessas duas situações, inclusive, os militares que se encontrarem na reserva remunerada proporcional há menos de dois anos poderão ser convocados para retornar ao serviço ativo de bombeiro ou policial militar. Após o fim da guerra ou do estado de sítio, porém, eles poderão requerer o retorno para a reserva remunerada proporcional.

Por outro lado, o militar que for para a reserva a pedido e tiver gozado de seus benefícios por um dia que seja não poderá reingressar na corporação se assim o desejar.

Capitão Assumção argumenta que hoje não existe regulamentação própria para o militar que queira passar para a reserva por motivos pessoais. "É preciso dar direito ao militar que não tem mais vocação e interesse na profissão a requerer sua transferência para a reserva remunerada proporcional ao tempo de serviço que prestou. Mesmo porque aquele que não pretende mais fazer parte da corporação acaba atrapalhando os demais", afirma o deputado.

Tramitação
O projeto tramita em caráter conclusivo e será analisado pelas comissões de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado; de Trabalho, de Administração e Serviço Público; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Íntegra da proposta:

Reportagem - Noéli Nobre
Edição - Pierre Triboli
FONTE: AGÊNCIA CÂMARA

"Quando o Estado abandona seus servidores, deixando-os à mercê do outro lado, é porque, muito provavelmente, o Estado está do outro lado"

Giovanni Falcone, Juiz italiano especializado em processos contra a máfia siciliana Cosa Nostra.

"Uma sociedade é livre na medida em que propicia o choque de opiniões e confronto de idéias. Desses choques e confrontos nasce a Justiça e a Verdade, garantido o progresso e auto-reforma dessa sociedade".

Stuart Mill

“A injustiça que se faz a um é uma ameaça que se faz a todos”.

Barão de Montesquieu

"Aqueles que planejam o mal acabarão mal, porém os que trabalham para o bem dos outros encontrarão a felicidade"

Provérbios 12.20