23 de janeiro de 2009

FALTAM 110 DIAS PARA OS 200 ANOS...QUEM VAI COMEMORAR?

Mas.....O que é que EU tenho a ver com isso? O que vai melhorar pra nós (PRAÇAS)?

Quem vai comemorar não será eu...
Muitos de meus amigos já estão enterrados no Jardim da Saudade, POR NADA!!!!
POR NADA digo eu porque: Ganhavam uma miséria, seus superiores o odiavam, e seus familiares muito possivelmente até agora não estão ganhando a mísera pensão.

Quem vai comemorar não será eu...
Até agora não ganho vale-transporte/RioCard. O rancho tá uma luta dos infernos para não acabar. Os coronéis estão quase se arrastando junto ao Governador para que ele volte atrás.
Meu salário não ultrapassa os 850,00 líquido. SOU POLICIAL E GANHO 850 REAIS POR MÊS!! FAÇO MAL A MINHA SEGURANÇA! A DO CIDADÃO ENTÃO.....COITADO DELE!

QUEM VAI COMEMORAR? OS PRAÇAS QUE ESTÃO NO CEMITÉRIO? EM 1 ANO FORAM MAIS DE 100 EXECUTADOS. EU DISSE
(100) CEM!

E alguém me disse que estamos aqui para isso (para morrer). Tem policial que entra na corporação achando que tem direito a FGTS, hora-extra.....Coitados.... Mal sabem eles que se forem colocados na rua, é uma mão na frente e a outra atrás......Como um cachorro sardento, marcado a ferro quente.

Quem vai comemorar não será eu.
Serão os antepassados? Os criadores desta pocilga que hoje chamam de "polícia militar"? Devem estar se revirando no túmulo pois eu acredito que ao criarem-na não imaginavam que um punhado de covardes venderiam a instituição tão facilmente. Sinto nojo ao ver eles ostentando a mesma farda que eu.

Afinal, o que é "polícia militar"? Não me perguntem caros cidadãos fluminenses... Perguntem para nossos comandantes. Eles tem a resposta. Na ponta da língua! A pmerj é deles.... A culpa é nossa, praças, que somos desunidos, desinteressados e mal-informados.

Quem vai comemorar? Será o governador e seu prefeitinho?
Eu teria vergonha de estar à frente de um lugar dominado por traficantes e marginais. Tenha vergonha nessa cara! O Sr. é ou não é um Chefe de Estado?

Senhores. A indignação às vezes toma conta de minha pessoa. Fico imaginando como podemos fazer segurança pública, a começar por uma instituição que tem, em seu processo seletivo, um mísero teste de português e matemática e que toma a alma de jovens desiludidos, sem instrução alguma, fardando-o e entregando-o à fatídica ruína, desgraça e no final, um caixão.

De um lado, pessoas procurando emprego. O pior e mais fácil. E de outro lado, temos os sugadores destas pobres almas.

QUEM VAI COMEMORAR NO FINAL? QUEREM MESMO SABER?
ESTUDEM. E MUITO. E TERÃO SUA RESPOSTA.

QUE DEUS NOS PROTEJA.

16 de janeiro de 2009

PARABÉNS CFSD I 2007...E BOA SORTE!

Quero deixar aqui meus sinceros parabens pela nova turma de soldados formada nesta quinta-feira e também desejar toda a proteção de Deus para a dura jornada que virá pela frente.

Não só os parabéns, mas também muita força, para encarar os desafios de ser um Policial Militar e ainda por cima, do Estado do Rio de Janeiro.

Com certeza estes novos formandos sabem que a PMERJ é uma instiuição esquecida por muito tempo por (des)governos anteriores e muito mais pelo atual, que procura somente fazer uma política barata e suja, onde os reais anseios da tropa foram esquecidos no momento de sua transição para ocupação ao cargo de Governador.

Que Deus os ilumine, trazendo muita fé e acima de tudo, esperança de dias melhores.

Não desanimem. Sejam fortes a acreditem. Não sejam enganados pelo canto da sereia. Sejam unidos sempre. Não deixem que seus superiores hierárquicos os separem. Eles querem isso. Lembrem-se que são PRAÇAS e que formam sim, a verdadeira tropa, a tropa de combatentes, de guerreiros, de heróis sociais, pois é o que realmente somos.

Heróis. Viver com um salário mísero, sendo mal interpretado por muitos e não respeitado por quase todos. Mas não desanimem. O nosso dia chegará. O dia da nossa vitória. Contra a impunidade, contra a corrupção, contra a injustiça. Muita coisa tem que ser feita ainda. E tudo vai depender somente de nós. Da nossa garra, da nossa força, de nossa UNIÃO. Fé em Deus. E tudo vai dar certo.

Parabéns!!!

14 de janeiro de 2009

ESTE NÃO INCOMODA MAIS (ASSIM ESPERO)

Já que a corporação não corta na própria carne, tem quem o faça....Obrigado Polícia Federal!
Fiquem sempre a vontade para cortar de novo!!! (USEM PEIXEIRA!)

Cel Pm Nogueira! Bandido fardado! Na cadeia! Expulsão "a bem da disciplina" nele também!!

Fala Cabral! Eu quero ouvir! Pára de dançar Funk e vai trabalhar! Toma vergonha nessa cara Governador! Diz aí que ele é um vagabundo e um bandido fardado também! Ou o Sr. só faz isso com soldado e cabo?

O reajuste previsto caiu no esquecimento? Não tem problema. O Sr. finge que paga e nós fingimos que trabalhamos! Sérgio Cabral.... O Sr. é uma vergonha!!

UMA VERGONHA!!!



12 de janeiro de 2009

PMERJ - A MAIOR VERGONHA DO BRASIL

Abaixo trascrevo pequeno trecho contido na Nota de Instrução Nº 13, publicada no BOL PM Nº 90 de 25 de Julho de 1991:


PRINCÍPIOS BÁSICOS PARA UMA POLÍCIA DEMOCRÁTICA

Tradicionalmente encarregada da aplicação das leis e da manutenção da ordem pública, a Polícia sempre foi um organismo estatal com características peculiares, que a distinguem dos demais setores, cujo conjunto se denomina comumente "administração da justiça". A principal delas é a de encontrar-se constantemente em contato direto, não só com a realidade criminal (crime e criminoso), mas também com o público em geral. A polícia é, por isto mesmo, uma instituição social, cujas origens remontam às primeiras aglomerações urbanas. É uma das formas mais antigas de proteção social e o principal modo de expressão da autoridade. Encontra-se, pois, intimamente ligada à sociedade que a criou e seus objetivos, sua forma de organização e suas funções precisam adaptar-se às características socio-políticas e culturais da comunidade em que atua. O seu valor dependerá da capacidade que mostre em adaptar-se às mudanças que experimenta a sociedade. (GRIFO MEU)

Caros senhores. Percebam que esta nota de instrução (para os visitantes civis, a Nota de Instrução é um texto de ensino, instrutivo, publicado eventualmente, para ser lido em nossas paradas diárias?!? e fixado em quadro de avisos para conhecimento de todos) diz aquilo o que é PLENAMENTE IGNORADO por nossos governantes e nossos superiores hierárquicos estrelados (oficiais).

É irônico. Como podem publicar um texto com um teor desses? Claro, já faz 19 anos. Mas eu gostaria muito de poder acreditar nisso. Que os "Grandes" pensam realmente desta forma. E querem ou estão fazendo algo para mudar.

Sabemos que a PMERJ está prestes a completar 200 anos. E mesmo com todo este tempo a instituição teima em continuar atrasada e atravancada. Vemos que nossos oficiais odeiam a PMERJ e fazem de tudo para se livrar dela. Aliás, os oficiais da pobre briosa são os que mais correm dela. As praças, que não têm muita opção, são obrigados a se manter no meio da escória. A corporação está podre. Agonizante. Já estou imaginando a carinha do Governador, com aqueles risinhos cínicos e debochados e seus seguidores comprados (223%) lambendo seu pé, ou melhor, a sola de seu sapato, nas comemorações de 200 anos. A sola do sapato porque o Cabral odeia PM's, de Soldado a Coronel e jamais deixaria um policial militar enconstar nele.

Acredito que neste momento todas as polícias militares do Brasil passam por um momento de agonia profunda. Até mesmo a PMDF, que tem um salário razoavelmente compatível com a função policial. É a melhor. Não há dúvida sobre isso. Mas mesmo assim....Ainda é militar.

Está na hora de mudar. Já passou da hora até. As polícias estão ultrapassadas, velhas, caquéticas. São odiadas pela sociedade e são o lixo do lixo da ralé. A PMERJ, imaginem então caros senhores. A lanterna! A vergonha máxima! Um lixo! Tudo antigo e baixo: regulamento, salário, organização (inexistente). A vida humana é tratada como gado para abate (por tudo e por todos). Por mim, o Rio de Janeiro poderia ser implodido agora mesmo, com as favelas, com o Palácio Guanabara (com o Governador dentro, claro), com os oficiais superiores (só tiraria um ou dois no máximo) e com toda a PMERJ somando-se ainda, a esta população mal-educada, mal alimentada e cegamente mal instruída pela mídia suja e corrupta.

Enquanto formos militares, enquanto a população for mal-educada, enquanto houver favelas, enquanto houver traficante, enquanto houver flanelinha e pedinte, enquanto houver oficial superior, enquanto houver político corrupto...Ihhh....É senhores.... Estamos f..... mesmo. Será que ainda tem jeito?

Só Deus. Estão dizendo que 2012 é o último ano, segundo o calendário Maia. Obviamente, é mais um conto para vender notícia mas, se o fato se concretizar...Má coisa não seria. A Terra iria agradecer. E muito.

DEUS, OLHAI POR NÓS.
MISERICÓRDIA DA ALMA DO SOLDADO.
PERDÔE-NOS POR TERMOS APUNHALADO SEU FILHO NA CRUZ. ESTÁVAMOS RECEBENDO ORDENS... DE OFICIAIS.

6 de janeiro de 2009

A PIOR REMUNERAÇÃO DO PAÍS - PMERJ



NÃO ESQUECEMOS! 8% OU 12% NÃO IMPORTA: NÓS QUEREMOS!
ESTAMOS PASSANDO FOME!!

ESTE É O RIO DE JANEIRO!! A CAPITAL MUNDIAL DA CORRUPÇÃO!

THIS IS THE RIO DE JANEIRO CITY! THE WORLDEST CAPITAL OF THE CORRUPTION!
RIO DE JANEIRO STATE GOVERNMENT: SÉRGIO CABRAL!
BE CAREFULL TURISTS OF THE WORLD: YOU DON'T BE SAFE HERE!!!
DON'T COME HERE IN CARNIVAL!!
THERE'S NO POLICE STUFF ENOUGH!! WE EARN 350,00 US$ MONTH!!

S.O.S ONU! S.O.S ONU!
RIO DE JANEIRO'S MILITARY POLICE NEEDS HELP!


4 de janeiro de 2009

ANO NOVO E...A CONTAGEM RECOMEÇA

Bem senhores, ainda vou começar um ano novo trazendo boas notícias. Mas não será este de 2009.
Como já viram nos principais veículos de informação, 2 Policiais Militares foram executados por um engenheiro em Rio das Ostras, região litorânea no Estado, bem distante desta favela em que se tornou a nossa capital.
E mais dois PM's foram atacados no viaduto Paulo de Frontin na agulha que dá acesso para a Av. Presidente Vargas, Centro do Rio.
Tristes fatos. E já sabemos o que virá a seguir. Este marginal, assassino, ficará livre. A sociedade não estará nem aí. E nossos comandantes estarão se lixando também. São somente menos 2 RG's. Este ano tem mais 4000 vagas para soldado PM mesmo... Não vão fazer falta...
Minha punição para este assassino: prisão perpétua + 30 anos de trabalhos forçados (furando asfalto no verão, quebrando pedra e extraindo carvão com colher de pedreiro em minas de 200m de profundidade).
E aí? Quem se habilitaria a executar PM's novamente?

A IMPUNIDADE NÃO PODE EXISTIR! NÃO ESTÃO VENDO CAROS CELESTIAIS?
SOCIEDADE FLUMINENSE: NOS APÓIEM NO PROJETO DE EMENDA CONSTITUCIONAL 21 DE 2005, QUE DIZ RESPEITO A MODERNIZAÇÃO DAS POLÍCIAS DE TODO O BRASIL!! JÁ ESTÁ EM TRÂMITE EM BRASÍLIA MAS ESTÁ EMPERRADA SABEM PORQUE? PORQUE ELES QUEREM QUE NÓS E VOCÊS MORRAM!!

VAMOS FAZER 200 ANOS (PMERJ) EM 13 DE MAIO PRÓXIMO! O GOVERNADOR VIVE SORRINDO E RINDO, COMO SE NADA ESTIVESSE ACONTECENDO! É ESSA A POLÍCIA QUE VOCÊS QUEREM? É ESSA A POLÍCIA QUE VOCÊS MERECEM? PERGUNTEM PARA SI MESMOS!!




2 de janeiro de 2009

PEC 300 / 2008

Parabéns ao blog Cordel da Bola de Fogo por postar este artigo. E, para fazer número estou trasncrevendo aqui a notícia. E complemento com a PEC no seu texto integral porém não definitivo, que ainda passará por ajustes necessários. Mais uma vez, os créditos e méritos são do Cordel do Bola de Fogo!

Eis a PEC 300:

Proposta de Emenda à Constituição n.º 300 de 2008
(do Senhor Arnaldo Faria de Sá e outros)
“Altera a redação do § 9º, do artigo
144 da Constituição Federal”
As Mesas da Câmara dos Deputados e do Senado Federal, nos
termos do § 3º, do artigo 60, da Constituição Federal,
promulgam a seguinte Emenda ao texto constitucional:
Artigo 1º - O § 9º do artigo 144 da Constituição Federal
passa a vigorar com a seguinte redação:
“§ 9º - A remuneração dos servidores policiais
integrantes dos órgãos relacionados neste artigo será
fixada na forma do = 4º do artigo 39, sendo que a das
Polícias Militares dos Estados, não poderá ser inferior a
da Polícia Militar do Distrito Federal, aplicando-se
também o Corpo de Bombeiro militar desse Distrito
Federal, no que couber, extensiva aos inativos”.
Artigo 2º - Esta Emenda entra em vigor cento e oitenta
dias subseqüentes ao da promulgação. ”
Sala das Sessões, em 04 de setembro de 2008
Arnaldo Faria de Sá
Deputado Federal – São Paulo
JUSTIFICATIVA
A constante e, porque não dizer, progressiva,
espiral de ações ilícitas que aflige o território brasileiro, numa
diversidade de fatos típicos e crescente concurso de pessoas com
animus delictum uníssonos, insinuam abalar as instituições
legalmente constituídas, senão o próprio Estado Democrático de
Direito.
Os cidadãos brasileiros e estrangeiros, enquanto
compondo entidades familiares, de trabalho, como profissionais
liberais, comerciantes, industriais, banqueiros, jornalistas,
repórteres e, serviços afins, experimentam consternação pela
insegurança manifesta.
Esse anseio popular foi, com a promulgação da
Constituição Federal de 1988, vaticinado no caput de seu artigo
144, na seguinte redação: “A segurança pública, dever do Estado,
direito e responsabilidade de todos, é exercida para a
preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e
do patrimônio, através dos seguintes órgãos”.
Os criminosos: condenados ou não, primários ou
reincidentes, fora ou dentro de prisões, foragidos, integrantes de
organizações criminosas que, hodiernamente, proliferam
escoradas na fragilidade estatal fustigam a sociedade, não
temem as normas jurídicas tratando, elas e o Estado detentor do
jus puniendi com notório desdém. Esses facínoras precisam, com
evidente eficácia, ser combatidos e contidos em suas investidas
censuráveis, mormente porque, variam constantemente seu
modus operandi sugerindo estarem, sempre, “um passo á frente
da lei”.
Almejando resistir a essa situação instalada, as
forças auxiliares do Exército Brasileiro, hão de serem
aprovisionadas com viaturas, armamento, sistema de
comunicação, equipamentos de informática, modernos e
sofisticados, não obstante o sempre necessário aumento do
efetivo. Ampliação essa que há de ser conduzida pari passu com
duas imprescindíveis e inseparáveis providências, que se não
atendidas ou ignoradas, fragilizarão os astronômicos gastos com
o acréscimo operacional detendo, assim, primazia dentre outras
providências:
1 – instrução e treinamentos dos integrantes das
Polícias Militares das UF´s; e,
2 – remuneração dos oficiais e praças, compatível
com o elevado risco de morte que se subjugam dia e noite
(atingindo-os, inclusive, na inatividade como decorrência da
profissão, extensíveis as suas respectivas famílias).
Como é sobejamente sabidos os integrantes das
Policias Militares das UF´s, não tem direito a FGTS, aviso prévio,
pagamento de horas-extras, adicional noturno, filiação sindical e
direito de greve; direito não assimilados esses que afetam-lhes o
bem-estar social e a própria dignidade tornando, cambaleante,
restrita e deprimida sua cidadania; esta tão propalada nos dias
atuais, ou seja, “a cidadania é conquistada e não doada”.
Além da injusta política salarial proporcionada a
maioria dos policiais militares, o miliciano chefe de família é
freqüentemente ameaçado e condenado a morte pelo crime
organizado. Seu instrumento de trabalho é uma arma carregada
e seu corpo um alvo visível e inconfundível pela farda,
encontrável a qualquer da e hora. Pela especificidade da
profissão – “polícia ostensiva e a preservação da ordem pública”,
só o policial militar pode e deve fazer o que faz.
Crime é crime em qualquer localidade do país e
combatê-lo é uma atividade do Governo, altamente custosa e
inevitável, sob pena de periclitar a ordem pública, fazendo-se
necessário, regularmente, que se faça justiça as abnegados
militares estaduais, conferindo-lhes melhores remunerações,
dignas e proporcionais ao singular múnus que ostentam, ...
A Casa Civil da Presidência da República, com a
promulgação da Lei nº 11.361, de 19 de outubro de 2006 e Lei
11.663 de 24 de abril de 2008, melhorou a remuneração dos
policiais militares e das carreiras de delegado de polícia,
incluindo o Corpo de Bombeiro Militar, do Distrito Federal.
O ânimo do policial militar é o seu salário, o seu
justo soldo.
Mesmo porque, público e inegável que, outras
Unidades Federativas da União, apresentam índices de
criminalidade muito mais proeminentes que o Distrito Federal;
regiões onde a idoneidade física, parcial ou vital, de seus policiais
militares, com muito mais razão, sempre, estão em risco; não
pela qualidade dos ilícitos perpetrados, senão pela quantidade e
capacidade operacional dos meliantes.
Certos da relevância da matéria aqui tratada para o
aprimoramento dos órgãos de segurança em nosso País,
contamos com o apoio de nossos nobres pares para aprovação
da presente Proposta de Emenda à Constituição.
Sala das Sessões, em 04 de setembro de 2008.
Arnaldo Faria de Sá
Deputado Federal – São Paulo


Que Deus os ilumine e nos tire desta ridícula situação de miséria e fome em que o Estado que se diz soberano nos impõe. É uma vergonha ser Policial Militar e Bombeiro Militar no Rio de Janeiro! Uma vergonha!

"Quando o Estado abandona seus servidores, deixando-os à mercê do outro lado, é porque, muito provavelmente, o Estado está do outro lado"

Giovanni Falcone, Juiz italiano especializado em processos contra a máfia siciliana Cosa Nostra.

"Uma sociedade é livre na medida em que propicia o choque de opiniões e confronto de idéias. Desses choques e confrontos nasce a Justiça e a Verdade, garantido o progresso e auto-reforma dessa sociedade".

Stuart Mill

“A injustiça que se faz a um é uma ameaça que se faz a todos”.

Barão de Montesquieu

"Aqueles que planejam o mal acabarão mal, porém os que trabalham para o bem dos outros encontrarão a felicidade"

Provérbios 12.20