24 de dezembro de 2009

E QUE VENHA 2010

Caros leitores do “Um Conto de Fardas”,

Antes de desejar os tradicionais e bons votos das festas de fim de ano, gostaria de agradecer às visitas a este humilde espaço. Como também gostaria de agradecer aos amigos que colaboraram com o editorial, enviando notícias e furos da mídia.


No ano que vem, lutaremos por dias melhores. E continuarei aqui a atacar quem nos ataca, e a malhar o governo, que é bom demais, claro!


Não deixarei que nos humilhem; se em algum momento, tentarem nos desmoralizar, contra-atacarei.


Não deixarei que o Chefe de Estado nos chame de vagabundos. Se ele o assim fizer, terá troco na altura. E pintaremos as ruas com seu nome de cabeça para baixo e jogaremos na boca do sapo.


Nunca, jamais me curvarei diante deste sistema. E vamos lutar para que este mesmo sistema se volte contra os seus mantenedores. Não podemos continuar sendo manipulados por eles sem ao menos berrar e mostrar aqui nossa indignação.


Recado básico aos oficiais de polícia: sejam mais homens e honrem seus nomes. Tenham caráter. Desenvolvam a capacidade de liderar pela competência. Assim serão respeitados como seres humanos e não através de um regulamento. Estrelas no ombro de um mendigo e num ombro de um tenente são a mesma coisa. Lembrem-se disso.


Recado básico às praças de polícia: Estudem. Muito. E tomem vergonha na cara e sejam mais unidos. Foi injustiçado pelo regulamento ou por um oficial? Mova uma ação contra ele. A justiça existe. Mas para isso é preciso incitá-la. Ela jamais virá até você, e te conduzir nos braços e te chamar de coitadinho. Vá atrás de seus direitos! E ande correto! Para cobrar tem que fazer direito! Não seja um oficial de lagartixa. Já temos muitos problemas com eles. Entre nós não podemos ter isso. Afinal, é a principal intenção dos oficiais: manter-nos desunidos. Eles sabem que nossa união representará o fim deles.

E com isso, desejo aqui, ao blog “O Cordel da Bola de Fogo”, por suas excelentes postagens, sempre fundamentadas; ao “Praças da PMERJ”, por suas denúncias; ao “Universo Policial”, por seu excelente trabalho; ao Policiamento Inteligente, pela notoriedade e imparcialidade; enfim, a todos os militares estaduais e federais, aos policiais civis e federais, aos visitantes, amigos e à toda população deste nobre Estado do Rio de Janeiro.


Ao Ex. Sr. Governador do Estado do Rio de Janeiro Sérgio Cabral Filho e família:
Um Feliz Natal! Feliz 2010! Não se espante. É de coração. Ano que vem nós conversamos...

E assim como postou o Cordel da Bola de Fogo, lembrem-se, caro cidadão fluminense, que quando estiverem saboreando aquele vinho no dia de Natal, ou um champagne na virada do dia 31, no conforto de seu lar, não se esqueça que nas ruas, no mesmo instante, haverão pessoas de serviço, arriscando suas vidas, combatendo incêndios infernais e salvando almas, trocando tiros num morro ou numa viela, para que você continue em sua segurança, junto à seus amigos e parentes.


Eu estarei lá, em Copacabana. Na virada. Fardado. De serviço. Tudo igualzinho, como foi nos 6 anos passados. E sendo tratado como lixo pela população. Como um marginal pelo Chefe de Estado. E sendo visto como o irmão pobrinho pelos outro 26 entes federados.
Mas estarei lá.





FELIZ NATAL!

FELIZ ANO NOVO!



E QUE VENHA 2010!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

"Quando o Estado abandona seus servidores, deixando-os à mercê do outro lado, é porque, muito provavelmente, o Estado está do outro lado"

Giovanni Falcone, Juiz italiano especializado em processos contra a máfia siciliana Cosa Nostra.

"Uma sociedade é livre na medida em que propicia o choque de opiniões e confronto de idéias. Desses choques e confrontos nasce a Justiça e a Verdade, garantido o progresso e auto-reforma dessa sociedade".

Stuart Mill

“A injustiça que se faz a um é uma ameaça que se faz a todos”.

Barão de Montesquieu

"Aqueles que planejam o mal acabarão mal, porém os que trabalham para o bem dos outros encontrarão a felicidade"

Provérbios 12.20