PESQUISAR ESTE BLOG

16 de agosto de 2009

A MALDIÇÃO DO MIKE MIKE

Parece até nome de filme. E poderia dar um belo roteiro, digno de Oscar. Os personagens são variados, incluindo o governador, o secretário de segurança, os arautos dos politicos do Senado Federale da Câmara e claro, o policial militar. Este último seria com certeza o personagem principal.

Porque o agente de segurança pública é tão mal rumunerado? Seria um descaso governamental? Ou falta de recurso do Estado?
Pode ser um dos dois fatores ou um deles somente. Mas tenho para mim que a principal razão é o próprio personagem principal.

Policial entra na corporação com a intenção de roubar. É fato. Isto se dá por causa do prévio conhecimento que se tem do que é ser policial. Esta intenção vêm antes mesmo do que ser policial propriamente dito. Roubar é mais fácil. Dinheiro rápido. A ignorância e a falta de conhecimento aliada a esta vontade diabólica são uma receita explosiva, que arruina o ser humano policial até o final, onde o serviço será despejado como esgoto de restaurante de 5ª categoria após ter sido consumido pelo consumidor final.

Culpado: o MIKE MIKE.

Sabe-se desde cedo como fazê-la e como ensiná-la. Aprende-se que nada virá do governo e que o bico e o mike mike são a única solução para a complementação do salário do policial. Perde-se horas sagradas de folga e lazer. Perde-se o a integridade do policial. Perde-se tudo.

Servir de bode expiatório para o oficial de polícia e para o Estado é o risco. Para alguns vale muito a pena. O mike mike é bom. 12 horas de serviço por 30 reais é um martírio. Um ultraje. Passeatas em prol de melhores salários? Não, perde-se o emprego. Aquartelamento? Perde-se o mike mike. Operação padrão? Perde o mike mike. Mesmo o oficial honesto dando cobertura, o praça não quer. Prefere o mike mike.

Veja então. O Governador, criminoso e mentiroso, só viaja. Um vagabundo.
O Comandnate Geral, cheio de boas intenções. Boa pessoa. Bom sujeito. De mãos atadas. O cargo é do governador.
Os Comandantes, Chefes e Diretores compactuam. Em proveito próprio. É muita realeza. Ninguém larga o osso. O Sarney não larga. Ladrão safado. Pilantra.
Eu aqui, só escrevendo. Vendo a coisa acontecer. Impávido. Quase morto. Ver se acontece alguma coisa.
A população que pode pagar segurança está muito bem. Os que não podem também. Estão vendo Faustão a esta hora.
O policial que ontem estava reclamando do salário está hoje de serviço, no mike mike. Hoje ele vem com um cascalho pra casa.

Cada um no seu quadrado. Não há policiamento bem feito com policial mal pago. Mike Mike.
O Governador está descumprindo a Lei (Constituição do Estado do Rio de Janeiro, Artigo 92, Inciso I). Portanto, Sérgio Cabral é um criminoso. Mike Mike.
Salário Mínimo necessário para subsistência mínima:R$ 1.994,82 (Estdo do DIEESE - Julho 2009)
Período Julho/2009: R$ 1.994,82.
Amparo legal: Constituição da República Federativa do Brasil, capítulo II, Dos Direitos Sociais, artigo 7º, inciso IV.
É...Mike Mike.

É culpa do Mestre da Mão do Macaco. (Mike Mike Mike).


Ignorância. Medo. Falta de conhecimeto. O "puliça do Rio é brabo!" Nem tanto... Tem medo de perder...o mike mike.


Não se iludam senhores.
Vamos lutar pela aprovação da PEC 300.
Isso é, se o Mike Mike deixar.

PEC 300:
O VERDADEIRO POLICIAL DESEJA FAZER SEGURANÇA PÚBLICA. MOTIVE-O.


2 comentários:

  1. Apreciei sua postagem, porém tenho q descordar de uma coisa:ñ são todos q entram pensando em roubar.Muitos entram bem intencionados e acabam tomando o caminho da perdição por pura desilusão ou nesessidade e alguns conseguem se manter firmes!

    ResponderExcluir
  2. Tenho certeza disso! Qual o caminho que você escolheu?

    ResponderExcluir

"Quando o Estado abandona seus servidores, deixando-os à mercê do outro lado, é porque, muito provavelmente, o Estado está do outro lado"

Giovanni Falcone, Juiz italiano especializado em processos contra a máfia siciliana Cosa Nostra.

"Uma sociedade é livre na medida em que propicia o choque de opiniões e confronto de idéias. Desses choques e confrontos nasce a Justiça e a Verdade, garantido o progresso e auto-reforma dessa sociedade".

Stuart Mill

“A injustiça que se faz a um é uma ameaça que se faz a todos”.

Barão de Montesquieu

"Aqueles que planejam o mal acabarão mal, porém os que trabalham para o bem dos outros encontrarão a felicidade"

Provérbios 12.20