domingo, 28 de setembro de 2008

O QUE EU QUERO VER NA PMERJ 200 ANOS

Bem senhores. Como já está rolando na blogsfera policial há algum tempo, o RDPM está com seus segundos contados. O decreto do Dep. Flávio Bolsonaro já está em vigor. E revoga o atual RDPM.

O governador quer mudar tudo e de qualquer maneira. O pior é que o problema se encontra justamente aí. Ele tá fazendo a moda culhão e não está consultando ninguém. Estou parecendo ingênuo? Sim. Mas é para parecer ingênuo mesmo. Porque só se fazendo de bobo mesmo para continuar vivendo dentro da PM.

Irei então, demonstrar e expor meus pensamentos quanto à algumas atrocidades e arbitrariedades que assolam a PMERJ. Um afronto à uma instituição que vai fazer 200 anos. Porém parece que acabou de ser criada e ainda está em 1800...


Bem, vou citar algumas mudanças que poderiam realmente colocar a PMERJ em pé de novo. Proseguindo com minha ingenuidade:

1º - Fim do rancho. (Chega de roubalheira descarada).
2º - Fim das punições de privação de liberdade. (Preso a disposição do CMT é o car****).
3º - Garantia de presunção de inocência (já está na Carta Magna. Porque a desrespeitam?).
4º - Fim da papeleta médica. (Tenho nojo desta papeleta.)
5º - Fim da escala 12x24-12x48 (Escala maldita. Que p*** de escala de serviço é essa?
6º - Acautelamento da PT 100 0.40 para os PPMM. (Como na PCERJ).
7º - Plano de férias, Natal, Ano Novo e Carnaval. Fazendo revezamento entre os PPMM de cada unidade. Policial também tem família. Praça principalmente. (Interrupção de férias é o car***).
8º - Pagamento de horas extras. Definição da carga horária de trabalho. (Vai sugar a mãe).
9º - Adicional noturno. (Ou PM é prostituta? A praça o oficial pode achar que é, mas não é não).
10º - Adicional para praça com curso superior, pós-graduação (ou pagam melhor a estes profissionais ou eles, bem, já sabem. Vão embora...)

Vou ficar por enquanto em 10 quesitos.


A PMERJ está podre e falida. E é a única empresa do mundo que mesmo liquidada, continua contratando. O dinheiro deve estar sobrando. Mas o salário ó!

PS: O bolsa-esmola foi muito bem vindo, obrigado Lula. Mas colocaram um militar da PMERJ para gerí-lo. Deu no que deu....

FORÇA, HONRA, FÉ.

4 comentários:

  1. Oliveira, parabésn pelas postagens. O novo rdpmerj já está em vigor? Força na luta!

    ResponderExcluir
  2. Oi Oliveira! Dá uma lida neste texto.

    http://jus2.uol.com.br/doutrina/texto.asp?id=119

    Abraço!

    ResponderExcluir
  3. Chega de militarismo idiota...estrutura policial é massacrada pela estrutura militarizada...unificação já!!!A constituição de 88 manteve essa aberração de Segurança Pública,atraso total!!!!

    ResponderExcluir
  4. gente a pmerj é uma instituição de apoio criada a 200 anos pelos gorvenantes da época então para que a merda do militarismo.
    ooooo SERGIO CABRALL TOMA VERGONHAA OLHA O SOLDO DE UM POLICIAL !!!!!!

    TA DE SACANAGEMMMM NÉ!!!

    ResponderExcluir

"Quando o Estado abandona seus servidores, deixando-os à mercê do outro lado, é porque, muito provavelmente, o Estado está do outro lado"

Giovanni Falcone, Juiz italiano especializado em processos contra a máfia siciliana Cosa Nostra.

"Aqueles que planejam o mal acabarão mal, porém os que trabalham para o bem dos outros encontrarão a felicidade"

Provérbios 12.20

"Uma sociedade é livre na medida em que propicia o choque de opiniões e confronto de idéias. Desses choques e confrontos nasce a Justiça e a Verdade, garantido o progresso e auto-reforma dessa sociedade".

Stuart Mill