PESQUISAR ESTE BLOG

21 de setembro de 2008

CADA UM TEM O QUE MERECE

Não foi um fim de semana muito legal. Como infelizmente já estamos acostumados, mais um policial fluminense se foi. E era um policial militar. Como sempre.
Não que eu desejasse que morresse um Policial Civil ou Federal. Não, claro que não.
Mas quando morre "polícia", de qual instituição nos vêm à mente? Preciso dizer que é a militar?

Mas desta vez algo estava diferente. Este nobre guerreiro morreu em combate. Contra a criminalidade. Só que não foi vestindo sua farda azul. Este nobre estava adido a nossa co-irmã, A PCERJ.
Lá ele tinha dignidade. Era respeitado. Trabalhava com prazer. Era POLICIAL. Tenho certeza que se nós policiais militares, pudéssemos escolher como morrer, escolheríamos este jeito. Em combate. PORÉM, sendo que antes do ato fatídico, em vida, um sopro de dignidade nos tenha sido oferecido.

Por isso invejamos a PCERJ. Porque lá existe repeito. Existe uma camaradagem ímpar. O mínimo pelo menos. E seus "comandantes" respeitam o policial guerreiro. Lutam por e com ele. Enquanto os nossos fazem de tudo para "limpar" a corporação, excluindo mais e mais praças, como se oficial não fosse ladrão e corrupto. E assim temos uma corporação dividida, com duas polícias desunidas e inimigas, em guerra fria declarada.

O enterro foi realmente emocionante. Quase 600 pessoas foram se despedir do nobre guerreiro, o Cabo PM Luis Melo. Seus amigos charlies, seus amigos mikes, seus colegas de profissão. Estavam todos lá. Os verdadeiros. Uma despedida de um homem que estava no dever de sua obrigação. E porque gostava.

Quando que um dia teremos um instituição assim? Com comandantes guerreiros, que valorizam o policial militar? O praça, diga-se de passagem? Até quando teremos que suportar este regulamento retrógrado, maldito e desgraçado, com nazistas no comando, se escondendo atrás de suas estrelas e suas salas com ar-condicionado, proferindo risos cínicos e debochados?

Quem será o HOMEM que terá a coragem de mudar este quadro?

Fiquei impressionado com o Secretário Beltrame. Em uma ação atípica sua, demonstrou um pingo de seriedade. Mesmo com os comandantes querendo o contrário, ele garantiu a indenização à família e todos os direitos. Parabéns Beltrame. Graças a Deus não tivemos a insuportável presença de estrelas safados fingindo estarem comovidos e blá blá blá. Fizeram muito bem em não terem ido. Tenham sempre esta vergonha na cara pois a culpa é toda de vocês, fascínoras malditos. Espero que juntem bastante dinheiro para comprar o capeta, pois ele está lhes esperando com o tridente afiadíssimo.

Bem, a PMERJ tem a cara de vocês: suja, dividida, mal estruturada e muito, mas muito desorganizada, corrupta e denegrida. É realmente a cara de vários de vocês. Parabéns. Vocês tem a polícia que merecem comandar!

Para a família deste guerreiro, meus sinceros sentimentos. E tenham a certeza de que este nobre combatente foi, mas será sempre lembrado. E que agora está no mais altos dos lugares, próximo de Jesus e abençoado por Deus. Um lugar de felicidade e paz eterna. Vá com Deus nobre colega de profissão.

FORÇA, HONRA, FÉ

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"Quando o Estado abandona seus servidores, deixando-os à mercê do outro lado, é porque, muito provavelmente, o Estado está do outro lado"

Giovanni Falcone, Juiz italiano especializado em processos contra a máfia siciliana Cosa Nostra.

"Uma sociedade é livre na medida em que propicia o choque de opiniões e confronto de idéias. Desses choques e confrontos nasce a Justiça e a Verdade, garantido o progresso e auto-reforma dessa sociedade".

Stuart Mill

“A injustiça que se faz a um é uma ameaça que se faz a todos”.

Barão de Montesquieu

"Aqueles que planejam o mal acabarão mal, porém os que trabalham para o bem dos outros encontrarão a felicidade"

Provérbios 12.20