13 de abril de 2008

Mais uma perda para a categoria

Depois do veto do Excelentíssimo Senhor Governador Sérgio Cabral a respeito da escala de serviço 24x72 para Policiais e Bombeiros Militares, agora, o STF, indeferiu o recurso impetrado pela ALERJ referente à isenção do ICMS na compra de veículos novos para Policiais Civis e Militares e Bombeiros da ativa e aposentados. Um benefício que era concedido desde 2001.

Mais uma derrota. É verdade que, nem carro usado de terceira mão o PM, BM ou PC, mal consegue comprar, com o salário miserável que recebe. Mas, ERA um benefício.
Ou seja, todos os benefícios estão sendo cortados. Os poucos que ainda restam. É senhores. "Eles" estão conseguindo o que planejaram. A sociedade já considera normal há tempos e estamos bem próximo de uma anomia absoluta, inevitável. Estamos à deriva, soltos, LARGADOS. Boa sorte para todos nós.
O SERVIDOR PÚBLICO ESTADUAL DO RIO DE JANEIRO AGONIZA.
DEUS, OLHAI POR NÓS!
MISERICÓRDIA!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"Quando o Estado abandona seus servidores, deixando-os à mercê do outro lado, é porque, muito provavelmente, o Estado está do outro lado"

Giovanni Falcone, Juiz italiano especializado em processos contra a máfia siciliana Cosa Nostra.

"Uma sociedade é livre na medida em que propicia o choque de opiniões e confronto de idéias. Desses choques e confrontos nasce a Justiça e a Verdade, garantido o progresso e auto-reforma dessa sociedade".

Stuart Mill

“A injustiça que se faz a um é uma ameaça que se faz a todos”.

Barão de Montesquieu

"Aqueles que planejam o mal acabarão mal, porém os que trabalham para o bem dos outros encontrarão a felicidade"

Provérbios 12.20