24 de julho de 2009

COMANDANTES DAS OPM NÃO ACATAM DETERMINAÇÃO DO CMT GERAL

Que exemplo. E este é o exemplo. Que eles nos dão.

Uma determinação contida na página 19, do Boletim da Polícia Militar nº012 do dia 23 de Julho de 2009, DETERMINA, EXPRESSAMENTE, que para fins de comunicação permanente entre o Comando e a tropa, seja criado, por intermédio de ESCOLHA ENTRE PARES, a Comissão Representativa dos Círculos Hierárquicos da PMERJ.

Contudo alguns comandantes não estão acatando a determinação do Comandante Geral. Eu pergunto? Como isso fica?

Vou aguardar para que o Comando Geral adote medidas cabíveis aos insubordinados. Essa é a minha esperança. Sem querer pressionar mas pressionando, como ficarei eu, com estes exemplos? Se os Comandantes da unidades não acatam decisões superiores, como verei-me na obrigação de acatar decisões de Meus superiores? Sigo o exemplo? Ou não?

Senhor Comandante Geral: Averigue. Minha esperança é que justiça seja feita. Quero ter orgulho da briosa. Quero que meus amigos me invejem por eu ser POLICIAL MILITAR.

É CHEGADA A HORA.
FORÇA, HONRA, FÉ

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"Quando o Estado abandona seus servidores, deixando-os à mercê do outro lado, é porque, muito provavelmente, o Estado está do outro lado"

Giovanni Falcone, Juiz italiano especializado em processos contra a máfia siciliana Cosa Nostra.

"Uma sociedade é livre na medida em que propicia o choque de opiniões e confronto de idéias. Desses choques e confrontos nasce a Justiça e a Verdade, garantido o progresso e auto-reforma dessa sociedade".

Stuart Mill

“A injustiça que se faz a um é uma ameaça que se faz a todos”.

Barão de Montesquieu

"Aqueles que planejam o mal acabarão mal, porém os que trabalham para o bem dos outros encontrarão a felicidade"

Provérbios 12.20