PESQUISAR ESTE BLOG

17 de dezembro de 2008

CORE E BOPE: MAIS R$ 500,00

Não sei o que deve estar acontecendo mas acho que as festas de fim de ano estão fazendo bem ao Governador.

Já está certo: O Core e o Bope terão suas gratificações dobradas (passarão dos atuais 500 reais para 1000 reais) já à partir de Janeiro, segundo veiculado pela manhã na rádio CBN. Boa notícia para esses combatentes. Possuem curso de alta qualificação e merecem ter esse benefício.

Outra boa notícia é o já esperado fim do rancho. E agora é sério: acabou mesmo. Só está sendo estudado o valor a ser repassado em tíquetes refeição. Acredito que será um bom valor, já que o gasto anual com os ranchos ultrapassavam 40 milhões de reais. Vendo por esse lado fica fácil deduzir que o montante gasto com tíquete refeição será bem menor, levando em conta também que boa parte desta quantia era desviada e muito mal utilizada.

Portanto temos aí boas notícias. Só resta agora torcer e rezar muito para termos um aumento real e digno e saírmos da pobreza e da miséria em que nos encontramos. Só este mês eu já fiquei no quartel 17 dias. É como se eu estivesse preso. Sem grana pra ir embora não encontro outra saída. É horrível senhores a nossa situação quanto ao nosso salário.

Acho que por isso acordei mais feliz hoje. É. Deve ter sido isso...

FORÇA, HONRA E FÉ

5 comentários:

  1. Fala Oliveira! Beleza? Primeiramente desejo boas destas p vc! Seguno, vc sabe se o fim do rancho eh so p pm ou p cbmerj tbm? Forte abraço!

    ResponderExcluir
  2. Obrigado combatente!
    Lhe mandarei e-mail....

    ResponderExcluir
  3. Fico feliz em vê-lo contente com algo,sei que ainda há muito a ser mudado mas já foi um passo!!!
    Boas Festas e que Deus o proteja sempre!!!

    ResponderExcluir
  4. olá colega!!!
    sou da BM/RS e aqui, há anos fomos desaranchados. Recebemos "etapas de alimentação" referentes aos dias trabalhados e fetuamos nossas refeições nos setores de serviço, por exemplo: estou de 12 horas na viatura tal. Eu e meu patrulheiro escolhemos um local para almoçar ou jantar (restaurante, lancheria,etc..) e efetuamos nossas refeições alí mesmo, no período de 50 min. Além disso, recebemos vale alimentação mensal de 200,00 reais além de horas extras. A média entre horas extras, etapa de alimentação e vale refeição, fica entorno dos
    R$650,00, fora o salário
    Alexandre Paim -Sd/BM
    alexandre170569@hotmail.com

    ResponderExcluir
  5. Vc é muito respeitado por seu governante caro amigo da Brigada Militar /RS.
    Aqui no Rio existem muitos ladrões no poder e nossos oficiais se venderam ao Governador no ano passado. Estamos numa pior. Meu salário líquido não ultrapassa 850 reais. E só ganhamos isso. Nada de tíquete alimentação, vale transporte... Nada....
    Isso aqui é uma vergonha meu amigo!
    Invejo sua terra, sua gente, tudo!
    Parabéns!
    Na minha opinião, o Sul do Brasil nem merecia fazer parte desta nação. Do sul pra cima é tudo lixo.
    Abraços

    ResponderExcluir

"Quando o Estado abandona seus servidores, deixando-os à mercê do outro lado, é porque, muito provavelmente, o Estado está do outro lado"

Giovanni Falcone, Juiz italiano especializado em processos contra a máfia siciliana Cosa Nostra.

"Uma sociedade é livre na medida em que propicia o choque de opiniões e confronto de idéias. Desses choques e confrontos nasce a Justiça e a Verdade, garantido o progresso e auto-reforma dessa sociedade".

Stuart Mill

“A injustiça que se faz a um é uma ameaça que se faz a todos”.

Barão de Montesquieu

"Aqueles que planejam o mal acabarão mal, porém os que trabalham para o bem dos outros encontrarão a felicidade"

Provérbios 12.20