29 de maio de 2011

PRAÇA DA PMERJ SERÁ REMOTAMENTE CONTROLADO

Como se já não bastasse o rigor interno sob a batuta do nobre "oficialato pmerjiano", agora os lordes terão a tropa literalmente na mão.

É a nova idéia do caro Secretário de Estado de Segurança José Mariano Beltrame. Ele disse que ainda estuda a implantação da tecnologia, mas imaginem como esta nova idéia soou nos ouvidos dos nobres lordes oficiais. Segundo o nobre Secretário, cada papa mike terá um GPS acoplado ao rádio transmissor individual, podendo este ser interceptado em qualquer lugar, com margem de erro de 3 metros. Imagino como deverá se sentir o pobre coitado do já manipulado Policial Militar fluminense: um robozinho (já somos), só que agora controlado por controle remoto.

Por quê ser tão pessimista? Por quê essa visão tão sombria sobre tudo o que ronda a famigerada PMERJ? Senhores: eu sou soldado. E soldado, adivinhem, é praça; ou seja, é lixo. É elemento de execução somente. Não pode pensar, não pode falar. Só aquilo para o qual foi programado: "Sim Senhor", "Não Senhor", "Permissão para me retirar, Senhor". Senhores: Isso não é segurança pública! Não é mesmo. Na melhor da hipóteses, um mero teatro. Um anfiteatro, na melhor das comparações.

Veja, portanto, que é muito simples. Não é possível perceber melhorias diretas no PONTENCIAL HUMANO. Somente artimanhas e penduricalhos para garantir que Copa e Olimpíadas saiam como o inglês quer ver. Nada mais. No fundo no fundo, a coisa continua a mesma. Maquiaram o salário com duas gratificações periódicas e instáveis; acautelamento da 0.40 para escusa da corporação somente e, nesse caso, não pense você que isso está acontecendo porque a PMERJ é boazinha e "está mudando", não, agora o controle será infinitamente melhor e a responsabilidade cairá toda em cima do policial. Usem com MUITO CUIDADO caros senhores.

Eu, realmente, já entreguei os pontos. Estou estudando freneticamente para dois concursos previstos para esse ano. Não vejo mais porque estar fardado, armado, e fingindo fazer segurança. Não. Este teatro vai ficar para quem quer ser manipulado. Como um fantoche. Uns são inteligentes. Estão só deixando o tempo passar. Outros estão tentando fazer polícia, para a sorte dos governantes. Porque se não houvessem estes heróis que já se foram e esses pobres coitados que ainda dão suas vidas em troca de um poucos reais e ainda batem no peito dizendo que amam a profissão e que são guerreiros, mas se esquecem qua a vida é uma só e preferem ser lembrados do que respeitados... Bem, eu quero viver e ser respeitado. E ficar junto da família.   
 
O Estado a "segurança cidadã" (novo nome bonitinho da segurança pública) que se...*. 
 
 
 


6 comentários:

  1. É ISSO POLIÇADA, A HORA É ESSA. ALÉM DE GANHAR MAL, AGORA SERÃO MONITORADOS, ROBOTIZADOS. SABE DE QUEM É A CULPA, NÃO É DO CEL., NÃO, A CULPA DE TODO MAL QUE PASSAMOS, É DO PRAÇA, É NOSSA CULPA. AS COISAS VÃO ACONTECENDO DE MAU A PIOR. MAS COMO DEIXAR DE RECEBER A GRAT., O ARREGO DA BOCA, O ESQUEMA DO BICHO, AS COMPRAS DO FIM DE SEMANA, O CAÇA-NÍQUEL E POR AÍ VAI. VAI SEM PERSPECTIVA, VAI PRA VALA, OU É PRESO COMO LADRÃO/MILICIANO. SOMOS MARGINALIZADOS, TRATADOS COMO NADA PELO GOVERNO, E SABE O QUE FAZEMOS? VAMOS MINERAR, ACHACAR VICIADOS NOS PÉS DE FAVELA, PEGAR 5O CONTO COM O MOTO-TAXI. ISSO É VIDA!
    E A FAMÍLIA? EU COMO A CRER QUE O POLICIAL NÃO LIGA PRA FAMÍLIA. PORQUE SE LIGASSE, BUSCARIA DIGNIDADE, OMBREARIAM COM OS BOMBEIROS, MAS NÃO, ACHAM QUE FAZER MOBILIZAÇÃO É QUEIMAR O FILME.
    AUTORIDADE, DE QUE? EMBORA DIGA A C.F, PARA O PAISANO, POR MAIS QUE SEJAMOS HONESTOS, SOMOS VISTOS COMO LADRÃO. ENTÃO POLIÇADA, SE LIGA! É HORA DE SAIR DO "MUNDO FAZ DE CONTA". ANTES DE QUALQUER COISA SEJAM CIDADÃOS, PARA COM ESSA CULTURA RIDÍCULA, QUE POLICIA TEM QUE SER DESONESTO. POLICIA TEM QUE TER A CABEÇA ERGUIDA, FALAR COM PROPRIEDADE.
    DIA 03/06/2011- 14H. ALERJ.

    ResponderExcluir
  2. Nota-se que, o exercício de Segurança Pública não passa de mero exercício de política de controle social, tanto interno quanto externo. Quero dizer que, quanto ao interno, não se elimina corrupção colocando GPS e nem dá proteção ao militar de serviço, vez que uma escaca se varre de cima para baixo e proteção se dá com treinamento constante e equipamento eficiente. Como leigo, vejo isso como manobra para ganhar dinheiro em licitações, dentre outras coisas. O Policial necessita de outros cuidados e não GPS. Quanto ao controle externo, a atividade policial, instrumento de política somente, serve apenas para manter ou oprimir os menos abastados em seus medíocres lugares, para a burguesia transitar tranquilamente. Atividade Policial é algo totalmente diferente do que se faz hoje. Repressão as drogas (usuário) não é problema da Polícia e sim social. Shows e espetáculos, não são problema da polícia e sim, relativos à cultura...infelizmente, utilizamos a força policial para fins eminentemente alheios ao seu real destino.

    ResponderExcluir
  3. Obrigado pelo comentário CIDADÃO DE DIREITOS FLUMINENSE! És lúcido como platina polida o seu comentário! Parabéns e obrigado novamente pela visita!

    ResponderExcluir
  4. HAVERÁ VITORIA DO FUNCIONALISMO PUBLICO TANTO CIVIL COMO MILITAR SE TIVER CAOS, TIRO, PORRADA E BOMBA. EM CIMA DO LEGISLATIVO E JUDICIARIO, SE CONTRARIO SO COM CONVERSINHA JAMAIS, REPITO, JAMAIS TEREMOS AUMENTO SALARIAL MERECIDO OU IGUAL A QUALQUER OUTRO ESTADO.

    ResponderExcluir
  5. HAVERÁ VITORIA DO FUNCIONALISMO PUBLICO TANTO CIVIL COMO MILITAR SE TIVER CAOS, TIRO, PORRADA E BOMBA. EM CIMA DO LEGISLATIVO E JUDICIARIO, SE CONTRARIO SO COM CONVERSINHA JAMAIS, REPITO, JAMAIS TEREMOS AUMENTO SALARIAL MERECIDO OU IGUAL A QUALQUER OUTRO ESTADO.

    ResponderExcluir
  6. NÂO ACREDITO MAIS NA INSTITUIÇÃO. Eu participei do concurso da pmerj 2010. Fui aprovado em todas as etapas (intelectual, antropométrico, físico etapas 1 e 2,médico,laboratoriais,pesquisa social,psicotécnico,documental e o toxicológico.)por incrível que pareça todo esse processo se deu e 30 dias e todos os exames e consultas exigidas pela corporação foram pagos por mim (gastei mais ou menos uns mil reais)foi uma correria danada 17 idas e vindas ao crsp mas enfim chegou o grande dia quando fui convocado para fazer a inscrição no curso de formação de soldados.chegando lá fui parabenizado por meu pesquisador que me conduziu ao setor de identificação. Estava na fila feliz da vida me sentindo vitorioso quando aos 45 do segundo tempo fui notificado que estava reprovado no exame documental por ter 31 e 3 meses na data da inscrição do concurso. Na hora pensei que fosse algum tipo de pegadinha ou teste psicológico mais não na verdade e sou só mais um brasileiro vítima de discriminação e preconceito que terá que valer judicialmente seus direitos nos termos dos artigos 37 cf 1 e 2
    I - os cargos, empregos e funções públicas são acessíveis aos brasileiros que preencham os requisitos estabelecidos em lei, assim como aos estrangeiros, na forma da lei; (Redação dada pela Emenda Constitucional nº 19, de 1998)


    II - a investidura em cargo ou emprego público depende de aprovação prévia em concurso público de provas ou de provas e títulos, de acordo com a natureza e a complexidade do cargo ou emprego, na formas previstas em lei, ressalvadas as nomeações para cargo em comissão declarado em lei de livre nomeação e exoneração; (Redação dada pela Emenda Constitucional nº 19, de 1998)
    E 77 da constituição estadual RJ

    A Constituição do Estado do Rio de Janeiro definiu em seu artigo 77, III que "não haverá limite máximo de idade para a inscrição em concurso público, constituindo-se, entretanto, em requisito de acessibilidade ao cargo ou emprego a possibilidade de permanência por cinco anos no seu efetivo exercício".

    Cabe a lei de iniciativa do chefe do Poder Executivo estabelecer a limitação de idade em concurso público (art. 37, I c/c 61, II, "c" da CR/88), por cuidar de matéria atinente ao provimento de cargos públicos. O Decreto, que é ato administrativo normativo, não é instrumento hábil para a imposição da restrição etária em certame, muito menos o edital do concurso público.
    Mais infelizmente o magistrado do RJ não tem essa visão tão clara e evidente das leis quanto a excelentíssima juíza Maria Gabriella Pavlópoulos Spaolonzi de São Paulo fazendo valer os direitos e as leis brasileiras.
    UFA! Mais sou brasileiro e não desisto nunca

    ResponderExcluir

"Quando o Estado abandona seus servidores, deixando-os à mercê do outro lado, é porque, muito provavelmente, o Estado está do outro lado"

Giovanni Falcone, Juiz italiano especializado em processos contra a máfia siciliana Cosa Nostra.

"Uma sociedade é livre na medida em que propicia o choque de opiniões e confronto de idéias. Desses choques e confrontos nasce a Justiça e a Verdade, garantido o progresso e auto-reforma dessa sociedade".

Stuart Mill

“A injustiça que se faz a um é uma ameaça que se faz a todos”.

Barão de Montesquieu

"Aqueles que planejam o mal acabarão mal, porém os que trabalham para o bem dos outros encontrarão a felicidade"

Provérbios 12.20