PESQUISAR ESTE BLOG

7 de junho de 2009

OS PRIMEIROS RESULTADOS DE NOSSA LUTA

Há quem diga que nosso esforço diuturno não fará qualquer diferença ou mesmo, inspire mudanças no atual quadrode segurança pública.

Esses, que são contra, obviamente são os mesmo que levam vantagem do sistema. Já diz o nosso jargão: "Quem é sabe"! E sabe mesmo quem são? Digo aqui: Vai de soldado a coronel. Isto na polícia militar. É certo afirmar que a incompetência do viajante também deve ser levada em consideração, já que o mesmo é o governador. Se este realmente quisesse fazer algo, já teria pelo cumprido promessas de campanha. Mas como todo político, resolver se omitir e quem sabe, deixar os problemas para a gestão seguinte.

Mas voltando ao assunto, quero aqui mostrar que nossa luta já está surtindo efeito. Um estudo, inédito, está sendo realizado pelo Centro de Estudos e Segurança da Cidadania, da Universidade Cândido Mendes, juntamente com a Unesco.
Antes de colocar aqui qualquer levantamento prematuro de troféu, digo que isso é sim, nossa primeira vitória. Pois de agora em diante seremos ouvidos e, teremos com quem, assim espero, dialogar. Para que estes que nos ouvirão possam transmitir, sem a imposição de nosso inconstitucional e "ditatórico" regulamente interno, nossas idéias e soluções.

Não falo aqui dos policiólogos e pseudo-jornalistas, que aproveitam-se da falha de agentes de segurança pública para vender seu jornal. Me refiro aqui de pessoas que querem saber o porque e como, chegamos aqui e resolvemos expor nossas dificuldades sem que um coronel metido a besta venha com esse papo de crime militar e blá blá bla´. Aliás, quem costuma proliferar muito este tipo de coisa são as crianças recém formadas da academia de polícia militar. Qualquer coisa que machuque seus egos são apontados por eles como crime militar.


Eu, quando vim até aqui, cheguei com a intenção de implantar um espaço aberto a denúncias, como faz hoje nosso parceiro nesta luta o blog "Praças da PMERJ". Acho muito bom por sinal. Mas como eu mantenho sozinho este espaço, concomitante com meus estudos na faculdade e para os próximos concursos que pretendo realizar, fica realmente difícil de ministrar um espaço dinâmico e atualizado. Contudo, acredito aqui que o que importa, pelo menos, é o número. Qualidade também faz muita diferença, sim.Porém só fomos ouvidos porque somos mais de 80 blog's, isto somente aqui, no Rio de Janeiro.

Vejo então um futuro de mudanças. Mudanças radicais.
Muitos de nós, ainda cegos, não conseguem acreditar. Seja pelo regulamento ou, sei lá o quê, mas muitos tem um medo horrendo. E não acreditam. Acredito que simplesmente aceitaram a condição que lhes foram imposta. De submissão escrava, inconsciente-psicológica. Podemos repetir mil vezes, mas mesmo assim não acreditam. Pelo menos consegui tirar um ou dois das trevas e estes já pensam em estudar e/ou estudam, seja faculdade ou concurso. Aqueles imergidos nas trevas são principalmente aqueles que estão contando os segundos para sair ou aqueles que acabaram de chegar e já estão aliados a coronéis corruptos ou mesmo fazendo seu bico para manterem suas famílias.

Mas seremos ouvidos. E enquanto eu estiver nessa instituição quero viver pra crer. Acraditar em um país que instituiu seu Estado Democrático de Direito e permitir que TODOS SEUS CIDADÃOS SEJAM DIGNOS DE RESPEITO. E NÃO SOMENTE UMA PARCELA. POLICIAL TAMBÉM É CIDADÃO.

Sonho com uma única polícia, eficiente, bem paga, bem treinada, bem equipada. Sem militarismo antiquado. Mas com hierarquia. Sem a famigerada disciplina arraigada, mas com a disciplina-respeito, recíproca. Sem corrupção, ou pelo menos, o "limite tolerável" e não esta sujeira de comandantes recebendo arrego do tráfico. Viva 23ºBPM! Viva 22º BPM! Viva 18º BPM! Viva 2º BPM! Viva! 223%!!! Viva!!! Não sou adepto de corrupção mas sabemos que em uma instituição onde o patrão rouba, não podemos esperar muito do soldado. Ou aceita, ou se omite. Os que pretenderam ou pretendem ser policial já estão em suas covas e/ou estão cavando as suas. Eu admito minha posição: a da omissão. Tentei trabalhar sendo honesto e amigo, mas isto é impossível. Ou aceita propina, ou acaba com tiro amigo. Escutar conversa fiada de moleque de 21 anos recém formado na escolinha de polícia do Cabral também não dá.

Mas seremos ouvidos. E já estamos sendo. Ouçam.
E acreditem.

FORÇA, HONRA, FÉ.
FORÇA PEC 300

2 comentários:

  1. Meu amigo, muitos blogs chegam e partem, mas um conto de fardas não pode partir. Um blog com poucos comentários, ou até sem nenhum...não quer dizer que é um blog ruim ou que não é visitado. Muitas das vezes leio o blog e não faço comentários.
    Continue com a luta, estamos todos no mesmo barco.

    ResponderExcluir
  2. Obrigado nobre! Pelo menos a minha intenção é que este espaço amadureça daqui um tempo. Quero transformá-lo em website convencional e também estou escrevendo um livro homônimo.
    Obrigado pelas visitas!

    ResponderExcluir

"Quando o Estado abandona seus servidores, deixando-os à mercê do outro lado, é porque, muito provavelmente, o Estado está do outro lado"

Giovanni Falcone, Juiz italiano especializado em processos contra a máfia siciliana Cosa Nostra.

"Uma sociedade é livre na medida em que propicia o choque de opiniões e confronto de idéias. Desses choques e confrontos nasce a Justiça e a Verdade, garantido o progresso e auto-reforma dessa sociedade".

Stuart Mill

“A injustiça que se faz a um é uma ameaça que se faz a todos”.

Barão de Montesquieu

"Aqueles que planejam o mal acabarão mal, porém os que trabalham para o bem dos outros encontrarão a felicidade"

Provérbios 12.20