PESQUISAR ESTE BLOG

23 de maio de 2010

AGENTE DE SEGURANÇA PÚBLICA É ALGEMADO COMO MARGINAL.

Caros cidadãos deste Brasil:
É isso o que acontece no militarismo (ditadura) imposta ao servidor da SUA segurança pública.

Somos presos por não acatar ordens. Mesmo que esta seja absurda. 

Pergunto agora, caro leitor, cidadão de direitos e civil:
Você seria um agente de segurança pública por um salário famélico, para ser algemado como marginal, simplesmente  por ser militar?


Força caro amigo bombeiro militar. Não abaixe a cabeça diante desta ditadura que nos é imposta diuturnamente.








Um comentário:

  1. cavalinhooooooooo24 de maio de 2010 20:57

    MARINA SILVA!!!!!!
    Veja o que a mesma escreveu em seu blog:
    Salários à altura da responsabilidade

    Tenho sido procurada nos comentários deste blog para dizer a minha posição sobre a Proposta de Emenda Constitucional 300.
    Para quem não sabe, a PEC 300 propõe que o salário dos policiais militares do país seja equiparado ao valor que ganha o PM do Distrito Federal e cria um fundo no qual a União terá que contribuir para pagar esse salário.
    Com a PEC 300, o salário do PM passará a vir dos Estados e também da União.
    Para se ter uma idéia do problema, vale a pena falar em números. No DF, o salário inicial de um PM é de aproximadamente R$ 3.100,00. No Rio Grande do Sul, o mesmo cargo paga R$ 800,00.
    Por isso, estou ativamente envolvida na defesa da PEC 300. O polícial militar precisa ter um salário digno e à altura das responsabilidades e dos riscos a que ele se expõe.

    ResponderExcluir

"Quando o Estado abandona seus servidores, deixando-os à mercê do outro lado, é porque, muito provavelmente, o Estado está do outro lado"

Giovanni Falcone, Juiz italiano especializado em processos contra a máfia siciliana Cosa Nostra.

"Uma sociedade é livre na medida em que propicia o choque de opiniões e confronto de idéias. Desses choques e confrontos nasce a Justiça e a Verdade, garantido o progresso e auto-reforma dessa sociedade".

Stuart Mill

“A injustiça que se faz a um é uma ameaça que se faz a todos”.

Barão de Montesquieu

"Aqueles que planejam o mal acabarão mal, porém os que trabalham para o bem dos outros encontrarão a felicidade"

Provérbios 12.20