PESQUISAR ESTE BLOG

18 de setembro de 2010

ATENÇÃO PPMM DO RIO DE JANEIRO: NOVOS ATAQUES PODEM ACONTECER

COMO DE COSTUME, ESTAMOS (E CONTINUAMOS) SENDO CAÇADOS.
Ataques de vagabundos iniciados em sextas-feiras costumam perdurar durante todo o final de semana. Vamos ficar atentos e não dar mole para a vagabundagem. 

Recado ao cidadão fluminense: não faça movimentos bruscos em revistas e buscas; mantenha-se calmo e atenda a todas as solicitações emanadas por nós, sem exaltação. Estamos todos tensos e pedimos a colaboração da sociedade. Abaixe os vidros se o seu carro possuir filme/película muito escura e acenda a luz de salão. Mantenha-se visível. Se estiver alcoolizado não tente fugir; entregue-se.

Recado ao marginal: não pretendo pregar a fome de vingança e muito menos o derramamanto de sangue. Muitos de vocês não têm família e não tem mesmo nada a perder. Mas acreditem: ainda vão rezar de joelhos para não serem condenandos à pena de morte. Este dia chegará!

Recado ao Policial Militar: proteja-se. Não tente fazer justiça e muito menos, consertar esta merda que está aí desde os anos 70. Isso não é problema nosso. A crescente criminalidade é o resultado de mais de 40 anos de descaso com a cidade do Rio de Janeiro e ainda mais: a manobra política articulada por estes miseráveis como o nosso governador-lixo, este merda do Sérgio Cabral, (UPP) vai ser o tiro pela culatra. Nos próximos anos teremos uma cidade imersa no caos absoluto, enquanto este lixo estará em outro país, rindo de nossas caras. NÃO VAI DAR CERTO! Portanto, não se meta nesta guerra. Deixem que os marginais engulam esta cidade. A nossa família precisa de nós vivos. 100 mil reais e uma bandeira dobrada não acudirão a nossa família se sucumbirmos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"Quando o Estado abandona seus servidores, deixando-os à mercê do outro lado, é porque, muito provavelmente, o Estado está do outro lado"

Giovanni Falcone, Juiz italiano especializado em processos contra a máfia siciliana Cosa Nostra.

"Uma sociedade é livre na medida em que propicia o choque de opiniões e confronto de idéias. Desses choques e confrontos nasce a Justiça e a Verdade, garantido o progresso e auto-reforma dessa sociedade".

Stuart Mill

“A injustiça que se faz a um é uma ameaça que se faz a todos”.

Barão de Montesquieu

"Aqueles que planejam o mal acabarão mal, porém os que trabalham para o bem dos outros encontrarão a felicidade"

Provérbios 12.20